Gaby Amarantos interpretará serial killer em filme

Por guilherme genestreti

A cantora paraense Gaby Amarantos vai ganhar sua primeira protagonista no cinema: uma serial killer.

“Serial Kelly” conta com a dona do hit “Ex Mai Love” no papel de uma cantora de forró que vaga pelo sertão, deixando um rastro de vítimas. Descoberta, ela parte em fuga e vira uma lenda local.

Coprodução entre a Bananeira Filmes e a Globo Filmes, marcará a estreia em longas do diretor alagoano René Guerra (do curta “Quem Tem Medo de Cris Negão”) e começa a ser rodado entre agosto e setembro, segundo a produtora Vania Catani. A distribuição será da Vitrine Filmes.

*

“O Filme da Minha Vida”, novo longa de Selton Mello, ganhou o primeiro pôster. O longa, que chega aos cinemas em agosto, tem Johnny Massaro no papel de um jovem que retorna à cidade natal, na Serra Gaúcha, e descobre que o pai, interpretado por Vincent Cassel, voltou a seu país de origem, a França. Bruna Linzmeyer e Marta Nowill também estão no elenco. O diretor aparece na trama como um amigo da família no filme que é inspirado em obra do escritor chileno Antonio Skármeta. (Créditos: Tavo Machado/ Divulgação)

*

Sem teto “La La Land” e o blockbuster “Velozes e Furiosos 8” estarão na programação da próxima edição do Shell Open Air, mostra de cinema ao ar livre que ocorre na Marina da Glória, no Rio, entre 7 e 25/6.

*

Pé na lama O diretor Walter Salles e a atriz Maeve Jinkings se juntaram no curta “Terra Treme”, sobre o desastre de Mariana (MG). O roteiro é de Gabriela Amaral Almeida.

*

Pé na estrada A produtora Sara Silveira, da Dezenove Som e Imagens, parte para o Vietnã para pesquisar locações de “Os Caminhos de Meu Pai”, road movie do paulista Mauricio Osaki. A equipe técnica será brasileira e vietnamita.

*

Cinema da África O diretor Clementino Junior, do Cineclube Atlântico Negro, no Rio, vai adaptar “Le Jeu” (1991), do cineasta mauritano Abderrahmane Sissako (“Timbuktu”).

Cinema da África 2 No curta “O Jogo”, roteirizado por Pedro Gomes, os conflitos étnicos do Mali darão lugar à violência das favelas cariocas. Começa a ser rodado em junho.

*

‘Ringo de Copacabana’ O longa que o diretor Mauro Lima e a Filmes do Equador pretendem fazer sobre a vida de Mariel Mariscot começará a ser filmado no segundo semestre. Ex-policial, Mariscot foi lutador de luta livre e fez parte do Esquadrão da Morte.

Leia mais notas aqui.