Racha entre diretores de direita descamba para bate-boca em rede social

Por guilherme genestreti

Descambou para bate-boca cheio de palavrões nas redes sociais o rompimento entre os diretores Josias Teófilo e Daniel Aragão.

Os dois, que são opositores ideológicos de boa parte da cena do cinema pernambucano, nutriam projetos em comum em torno de personalidades ligados à direita, como Olavo de Carvalho e Danilo Gentili.

No Facebook, Aragão escreveu que Teófilo o procurou para editar “O Jardim das Aflições”, sobre Olavo de Carvalho, porque “estava mais perdido do que nunca”.

Já Teófilo, que é o diretor do longa, escreve que teve de demitir Aragão “por ele ter sido grosseiro e querer dirigir a montagem” do filme.

No último dia 15, Aragão compartilhou uma mensagem escrita por Olavo de Carvalho:

“Essa discussão mesquinha entre o Josias Teófilo e Daniel Aragão só pode prejudicar aos dois, ao filme que fizeram E A MIM. Para acabar com essa tolice JÁ, abdico, formal e publicamente, de qualquer participação financeira que eu possa ter na renda de bilheteria, e coloco essa quantia à disposição dos dois enfezadinhos […] A condição para isso é que desistam de tentar provar quem tem razão e calem as suas boquinhas imediatamente.”

Por questões ideológicas, Aragão e Teófilo se colocam como opositores de conterrâneos como Kleber Mendonça Filho e outros cineastas alinhados à esquerda.

Na foto acima, Olavo de Carvalho com o diretor Josias Teófilo (Créditos: Reprodução Facebook).

 

 *
TOP 10 – Filmes mais assistidos na semana no Brasil
1º ‘Logan’: 1.119.350 pessoas
2º ‘Kong: A Ilha da Caveira’: 596.671 pessoas
3º ‘A Grande Muralha’: 119.911 pessoas
4º ‘Cinquenta Tons Mais Escuros’: 108.590 pessoas
5º ‘Moonlight: Sob a Luz do Luar’: 52.238 pessoas
(Fonte: Rentrak)