Produtora paulista investe no humor em ‘cearensês’ de ‘Cine Holliúdy’

Por guilherme genestreti

A reboque do sucesso de “Cine Holliúdy”, que em 2013 vendeu 487 mil ingressos, vem mais humor cearense aí. Com um empurrão paulista.

O diretor Halder Gomes se uniu à produtora Glaz para realizar “Cine Holliúdy 2”, que começará a ser tocado em novembro. Edmilson Filho reprisará o papel do dono de cinema, que agora lutará contra o rival videocassete.

A parceria ainda resultará em “Bem-vindo a Quixeramobim”, comédia sobre uma executiva paulista com sonhos de trabalhar no exterior que acaba transferida para a cidade no interior do Ceará. Será filmado no ano que vem.

Já o ator Edmilson Filho voltará também em “Cabra da Peste”, comédia dirigida por Vitor Brandt sobre a improvável parceria entre um policial paulista e um cearense.

“Será uma tiração de sarro do paulista e seus hábitos coxinhas”, diz a produtora paulistana Mayra Lucas, da Glaz. “Não sei em que momento deixamos de consumir humor cearense”, diz ela, citando Renato Aragão, Chico Anysio e Tom Cavalcante.

“O desafio é fazer um filme que seja engraçado inclusive no Ceará, onde até na padaria se conta piada engraçada.”

No próximo dia 20, Halder e Edmilson estarão de volta aos cinemas na comédia “O Shaolin do Sertão”, sobre um padeiro aficionado por artes marciais.

*

//NOS CORRES Aílton Graça faz o trambiqueiro Ventania e Juan Paiva vive o jogador Glanderson em ‘Correndo Atrás’, filme dirigido por Jeferson De que será lançado em 2017 (Créditos: Divulgação)

Leia mais notas aqui.