Ancine quer que cinemas disponham de tecnologias para deficientes visuais e auditivos

Por guilherme genestreti

A Ancine anuncia nesta quinta (15) instrução normativa que regulamentará o uso de equipamentos para pessoas com deficiência visual ou auditiva nos cinemas brasileiros.

Na prática, a norma vai obrigar as exibidoras a dispor em suas salas de aparelhos individuais para legendagem de filmes nacionais, legendagem descritiva, audiodescrição e linguagem brasileira de sinais.

“São muitas as possibilidades. Recomendamos tecnologias que permitam a que o espectador com deficiência assista aos filmes no mesmo ambiente em que pessoas sem a deficiência”, diz Manoel Rangel, diretor-presidente da Ancine.

Segundo Rangel, em até dois anos todo o parque exibidor nacional contará com os recursos. “É uma medida inclusiva e que vai ampliar o público do cinema”, diz.

*

Cinco na França Coprodução da GloboNews, Globo Filmes e 3 Tabela, o doc “5 vezes Chico”, que aborda a vida de comunidades ribeirinhas do rio São Francisco, irá ser exibido em dois festivais estrangeiros.

Cinco na França 2 O filme será exibido na mostra Brésil en Mouvements, que acontece em Paris a partir de 12/10, e no Festival Documental Lyon France, que começa no dia 28/11.

*

Leia mais notas aqui.