Depois de ‘Aquarius’, Kleber Mendonça Filho quer rodar ‘Bacurau’

Por guilherme genestreti

O cineasta Kleber Mendonça Filho já está fazendo pesquisas de locação para seu novo filme, “Bacurau”. O longa será codirigido por Juliano Dornelles, que já fez parte da direção de arte em “Aquarius”.

“Será um filme de aventura que se passa daqui alguns anos no interior de Pernambuco”, afirma Kleber, que não quer dar detalhes do projeto.

Abaixo, o diretor posta imagem da pesquisa de locações em seu perfil em rede social:

 

O diretor pretende ainda retrabalhar o roteiro. “Surgiram novas ideias neste ano”, diz.

“Aquarius” estreia nesta quinta (1º) em 85 salas, similar às 91 em que “Que Horas Ela Volta?” estreou em 2015.

*

De olho nas mulheres Apenas 22% dos filmes nacionais lançados nos últimos 20 anos têm alguma mulher na equipe de fotografia. A conclusão é do Coletivo das Diretoras de Fotografia do Brasil, grupo criado para impulsionar uma maior presença feminina numa área tida como das mais machista da cadeia cinematográfica.

*

De olho nas crianças O Unicef vai usar trechos do documentário brasileiro “O Começo da Vida” em uma campanha mundial sobre desenvolvimento na primeira infância.

De olho nas crianças 2 O longa da Maria Farinha Filmes acaba de ser inscrito para tentar a vaga brasileira no Oscar.

*

De olho no Texas São dois os projetos de painéis que a produtora Academia de Filmes inscreveu para a próxima edição do festival texano South by Southwest, que vai ocorrer em março do ano que vem. O primeiro, “Criadores e Criaturas”, pretende discutir o processo criativo por trás de “Anjos da Lapa”, filme de Johnny Araújo que trata da formação da banda Planet Hemp.

De olho no Texas 2 Já o segundo, “Do Analfabetismo á Realidade Virtual”, aborda o trabalho do artista visual Tadeu Jungle, que recentemente retratou a tragédia ecológica de Mariana em “Rio de Lama”. O público tem até sexta (2) para votar a favor da participação dessas duas atrações no festival. Para votar, clicar aqui e aqui.

Leia mais notas aqui.