Diretor Jeferson De filma comédia de humor ‘literalmente’ negro

Por guilherme genestreti

O diretor Jeferson De (“Bróder”, “Amuleto”) está em Muriaé (MG) rodando seu novo filme, a comédia “Correndo Atrás”. O longa é inspirado no livro “Vai na Bola, Glanderson”, de Hélio de la Peña.

“O cinema brasileiro vai ter uma comédia de humor literalmente negro”, diz o cineasta. De é autor do manifesto “Dogma Feijoada”, que discute a questão racial na produção nacional e propõe a realização de mais longas sobre a realidade do negro no país.

Aílton Graça será o protagonista da comédia: Ventania, sujeito que se vira em uma infinidade de bicos e que decide ser empresário de futebol. Seu alvo é Glanderson (Juan Paiva), menino negro, pobre e deficiente físico. Lázaro Ramos, Anônio Pitanga, Rocco Pitanga e Juliana Alves estão no elenco, além da dançarina Lellêzinha, do grupo Passinho.

“A questão racial esteve no Oscar. Os cinemas americano e africano já trabalham esse tema. Quero levá-lo para a realidade brasileira”, afirma De.

O diretor tem também entre seus próximos projetos a cinebiografia “Prisioneiro da Liberdade”, sobre o jurista negro e abolicionista Luís Gama. E ainda acalenta tocar um projeto sobre Ganga Zumba, primeiro líder do Quilombo dos Palmares.

O ator Aílton Graça e o diretor Jeferson De no set de "Correndo Atrás" (Créditos: Divulgação)
O ator Aílton Graça e o diretor Jeferson De no set de “Correndo Atrás” (Créditos: Divulgação)

Leia mais notas aqui.