Documentário quer escrutinar ‘mito de Lula’

Por guilherme genestreti

A trajetória do ex-presidente Lula será esquadrinhada num novo documentário, que pretende levantar o quanto o seu “mito corresponde ou não à realidade”. Vai se chamar “Lula –Nunca Antes”.

Palavras do produtor Sérgio Sá Leitão, da Escarlate, que escreveu o roteiro com o escritor Guilherme Fiuza e o humorista Marcelo Madureira, notórios opositores do PT. Moacyr Góes (“Dom” e “Xuxa Abracadabra”) vai dirigir.

“O Lula é a figura mais importante da política brasileira das últimas quatro décadas. Abordar a figura dele é abordar o Brasil dos últimos 40 anos”, diz Sá Leitão, que quer reunir depoimentos de pessoas de todos os matizes políticos e que conviveram com o ex-presidente de perto, e repassar a trajetória de Lula dos tempos do ABC à Lava Jato, passando pela presidência.

Segundo Fiuza, será um documentário para mostrar como a “história se desvirtuou”.

“O filme vai recuar para a militância do nacionalismo e como isso desaguou nesse super-esquema de corrupção”, diz Fiuza.

Sá Leitão diz saber do risco de ser criticado ao convocar opositores do político. “Mas nenhum de nós é vinculado a partido ou movimento. Não é chapa-branca nem panfletário contra Lula. A ideia é que o próprio espectador faça o seu juízo”

Fiuza faz coro: “O filme não nega que Lula seja um mito, que ele seja um elemento de unificação nacional. Mas parte da constatação de que existe uma frustração enorme com o rumo das coisas.”

O produtor também não vê obstáculo em buscar financiamento via leis de incentivo. “O cinema brasileiro tem que perder o receio de lidar com a realidade do país.”

Ele também irá rodar uma ficção sobre Celso Daniel, já adiantado por esta coluna.

*

Créditos: Divulgação Legenda: Cena do filme 'Malasartes'. EXCLUSIVO COLUNA SEM LEGENDA/ ILUSTRADA

//TIM BURTON RURAL
O ator Jesuíta Barbosa em cena do filme ‘Malasartes e o Duelo Com a Morte’, de Paulo Morelli; filme recheado de efeitos especiais estreia em 2017 (Divulgação)

*

Na serra “Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho, vai estar no Festival de Cinema de Gramado, que começa no dia 26 de agosto. Sonia Braga deve vir dos EUA para a sessão.

*

Na praia Em 2017, Pedro Severien (“Todas as Cores da Noite”) voltará a filmar os dilemas da classe média alta em chave surrealista no praieiro “Fim de Semana no Paraíso Selvagem”.

*

No apê “Fim de Festa”, novo longa de Hilton Lacerda (“Tatuagem”) vai tratar da relação entre pai e filho que dividem o mesmo apartamento durante o rescaldo do Carnaval.

*

OS FILMES MAIS VISTOS DA SEMANA

‘Procurando Dory’: 1.063.605 pessoas
‘A Era do Gelo 5: O Big Bang’: 1.000.675 pessoas
‘Como Eu Era Antes de Você’: 296.188 pessoas
‘Independence Day —O Ressurgimento’: 156.364 pessoas
‘Invocação do Mal 2’: 68.049 pessoas

Fonte: Rentrak