Marcos Schechtman vai rodar ‘Billy Elliot brasileiro’

Por guilherme genestreti

Marcos Schechtman irá levar ao cinema a vida do premiado bailarino fluminense Thiago Soares, que faz parte do Royal Ballet, de Londres.

O novo filme, “Coreografia da Vida”, será a “história de superação de um patinho feio”, segundo o diretor, que também abordará temas como a quebra de preconceitos e a relação quase que de pai e filho entre Soares e seu mentor. O elenco ainda não está definido, mas Domingos Montagner é cotado para o papel do mestre do bailarino.

A produção, que começará a ser rodada em 2017, deve passar por Moscou e Londres.

Schechtman é diretor de novelas e minisséries na Rede Globo —em 2009, ganhou o Emmy internacional por “Caminho das Índias”, de Gloria Perez. “O barato do cinema é o mergulho no personagem”, diz.

“Coreografia” será o segundo longa de Schechtman, que lançará “Vidas Partidas”, seu primeiro filme, em agosto. Montagner é o protagonista da produção, cujo tema é a violência doméstica.

“É um filme que vai além do maniqueísmo, é um thriller psicológico que tenta explicar por que as pessoas não saem de uma relação difícil como essa”, afirma o diretor.

*

‘O OLHO E A FACA’ Rodrigo Lombardi viverá petroleiro no filme de Paulo Sacramento, que rodará em plataforma (Créditos: Victor Alexis/ Divulgação)

*

Fábio Porchat vai encarar a autoajuda em ‘O Palestrante Motivacional’

Fábio Porchat será o protagonista e roteirista do novo filme do Porta dos Fundos, “O Palestrante Motivacional”. O projeto é um voo solo do humorista.

“É um filme sobre essa geração que não sabe se está feliz ou infeliz”, diz Porchat ao “Sem Legenda”.

Na trama, Guilherme (Porchat) é um sujeito que passa por uma reviravolta quando resolve assumir a identidade de Marcelo, palestrante motivacional que é o seu oposto em tudo.

Julia Rezende, que já dirigiu “Meu Passado me Condena” 1 e 2 com Porchat, é cotada para ser a diretora do novo longa.

A Ancine autorizou o grupo de humor a captar R$ 5,7 milhões para a produção.

*

Memória Começa em novembro “Cinema por Quem o Faz”, série de Ugo Giorgetti com entrevistas com gente dos bastidores da área. Irá ao ar no site da Spcine, que financia a série.

*

Baile O curta “A Moça que Dançou com o Diabo”, de João Paulo Miranda, vencedor do prêmio especial do júri em Cannes, será exibido no Festival de Curitiba, que começa em 8/6.

(Colaboraram LÍGIA MESQUITA e RODOLFO VIANA)

*

Público do fim de semana

1º ‘X-Men: Apocalipse’ – 936.894 pessoas
2º ‘Alice Através do Espelho’ – 842.328 pessoas
3º ‘Capitão América: Guerra Civil’ – 348.928 pessoas
4º ‘Angry Birds: O Filme’  – 287.193 pessoas
5º ‘Jogo do Dinheiro’ – 155.591 pessoas

Fonte: Rentrak